(45) 3279-8100
Você está em: Página Inicial > Município
Brasão

Aprovado pela lei municipal nº 099/94, de 14 de setembro de 1994.

O brasão de armas de Quatro Pontes foi idealizado e seus trabalhos executados pelo heraldista e vexilólogo Reynaldo Valascki, dentro das normas da heráldica municipalista brasileira com descrição em termos próprios na seguinte forma:

A) O brasão de armas clássico flamengo ibérico, encimado pela coroa mural com oito torres em cor amarelo é iluminada em vermelho. Usado para representar o brasão de armas do Município de Quatro Pontes, tem sua origem na Alemanha e introduzido na península ibérica. Por ocasião das lutas contra os mouros, passou a figurar nas armarias de Portugal, notadamente na heráldica do domínio, sendo este estilo herdado na heráldica brasileira, como evocativo da raça colonizadora e principal formadora de nossa nacionalidade.

B) A coroa mural que sobrepõe é o símbolo universal dos brasões de domínio que, sendo de cor amarela de oito torres, das quais apenas cinco são vistas em perspectiva no desenho, classifica a cidade representada na terceira grandeza, ou seja, sede do município.

C) E a iluminaria de goles (vermelhas), pelo significado heráldico da cor, é condizente com os predicados da comunidade.

D) No campo do brasão em abismo vemos desenhados no primeiro quartel da parte superior à esquerda uma linda área desmatada pelos pioneiros e fundadores da localidade que hoje é o Município de Quatro Pontes.

E) Ao centro um escudete com a imagem de nossa senhora da glória, padroeira do município.

F) No quartel superior a direita vemos desenhados um mapa, um globo terrestre, um livro e a seu lado um tinteiro com caneta, assim simbolizando a educação e a cultura existente no Município de Quatro Pontes.

G) Acima dos dois quarteis vemos dois retângulos e em cada um deles vemos desenhadas duas estelas que simbolizam e ilustram o nome do município.

H) Dividindo campo do brasão vemos desenhadas duas linhas sinuosas em cor azul no seu meio, simbolizando o Rio Guaçu e os demais rios que irrigam as ricas e férteis terras do território do Município de Quatro Pontes. A cor azul do campo do brasão é o símbolo da nobreza, justiça, perseverança, zelo, lealdade, recreação e formosura.

I) No terceiro quartel, a esquerda da parte inferior vemos o desenho de uma linda área de terras, estando as mesmas sendo cultivadas por um colono junto a um trator, e aos fundos do desenho, vemos em sua topografia lindas montanhas de elevações amenas, assim este quartel simboliza a rica “agricultura” existente em todo o território municipal, onde podemos observar quase em sua totalidade as terras são mecanizadas com total aproveitamento.

J) No quartel a direita vemos desenhadas duas espécies de animais, um boi e um suíno, e em abismo um vista das lindas campinas verdes (sinopla) e entre as montanhas o sol (astro rei) em sua alvorada matinal com seus raios luminosos enriquecendo todos os quadrantes do território municipal.

L)  Este quartel simboliza a rica “pecuária” existente no município e a cor verde simbolizam a esperança.

M) Entre os dois quarteis em um triangulo irregular vemos duas mãos em cumprimentos, assim simbolizando a “união dos povos, união dos poderes constituídos no município, no estado e no Brasil”.

N) Como suportes ornamentais do brasão de armas temos à (dextra) direita um pé de milho e feijão, a sua esquerda (sinistra), ramos de soja e trigo e abaixo ramas de mandioca, todos estes frutificados ao natural, assim representando estes produtos o esteio e a riqueza agrícola do Município de  Quatro Pontes.

O) Entre o brasão de armas e o listel ao centro vemos desenhada uma engrenagem que simboliza a indústria, pois no Município de Quatro Pontes esta instalada uma das maiores indústrias de fécula da América do Sul, a “CIA Lorenz”.

P) No listel abaixo do brasão de armas municipal, em cor vermelha (goles) vemos ao centro a inscrição do toponimo “Quatro Pontes”, a sua esquerda o dia, mês e ano 13.09.1990, data esta da criação do município e a sua direita os algarismos 01.01.1993, dia mês e ano da grande e histórica emancipação do Município de Quatro Pontes.

Tecnologia e desenvolvimento